Quem sou eu

Minha foto

Nós somos três coisas.. Oque pensamos que somos, oque pensam que somos e oque realmente somos!!! 

sábado, 15 de abril de 2017

Como eu era!

     Eu até cometi esse erro!!!

 Já fui aquela criança que todos olhavam e falavam "Que bonitinha", até mesmo achavam que eu era santa.. E não tenho vergonha de mentir, eu não era aquela menininha que tinha um coração puro, pois eu tinha uma horrível magoa de minha mãe! E isso me consumia mesmo eu sendo apenas criança, oque era inacreditável.. E por varias vezes tive a vontade de mata-lá e eu costumava dizer e expressar em meu rosto ter nojo dela, eu sabia que aquilo não me fazia bem e por varias vezes aquilo perturbava minha mente e o tempo todo eu achava que ninguém me amaria pois minha própria mãe havia me abandonado, então tudo que vinha em minha mente era o fato de que eu era a culpada!
 Nunca entendi o fato dela der me deixado e ter ficado com meu irmão...Não entenda mal mas eu odiava ela e mais ainda o nojento do meu irmão, era um ódio que me consumia cada vez mais e ninguém entendia.
 Antes que vocês entendam errado vou explicar:
_Minha mãe de verdade trabalhava na zona; 
_Era jovem e tinha mais um filho;
_Pelo oque eu soube ela tentou me abortar;
_Ela me maltratava e me batia com fio de luz (Eu tinha apenas 2 anos).
 Bom entre outras coisas! Então acabei pegando nojo dela eu não a suportava, eu tinha sido adotada com 9 meses, ai e moça me devolveu e voltei a morar com ela, eu passava fome pois ela não me alimentava, ela me dava pão duro e café puro pra comer nada mais! Cortava meu cabelo igual de menino e me vestia igual um! Com dois anos de idade eu sabia limpar a casa... Oque era incrível, eu tinha marcas de queimaduras de cigarro pelo corpo as marcas do fio de luz, roxos, vergões,cicatrizes... Mas tava tudo preste a mudar. Quando faltava 1 mês para eu fazer 3 anos de idade fui novamente adotada, só pra deixar claro fui adotada ilegalmente, então ao chegar nessa casa eu acabei tendo que ir pro hospital de noite pois eu havia comido tanto que passei mal. 
 E eu era uma criança feliz, sorridente e arteira, mas que la dentro de seu coraçãozinho tinha uma enorme tristeza! E então quando vim morar com a nova família tudo mudou! 
 
Eu era essa menininha, Não parece néh... Mas eu era triste por dentro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário